Quem Somos



O Hospital Regional de Presidente Prudente Doutor Domingos Leonardo Cerávolo passou a receber essa denominação em 13 de fevereiro de 2009, data em que o antigo Hospital Universitário Doutor Domingos Leonardo Cerávolo (inaugurado em 1997) foi adquirido pelo Estado e, desde então, tornou-se referência em assistência médica eletiva de média e alta complexidade à 45 municípios da região Oeste do Estado de São Paulo, que compõem a Diretoria Regional de Saúde (DRS) XI. Considerado a maior unidade de saúde da região, em fevereiro de 2019 o Hospital completou 22 anos de história, diante de um cenário de evolução, conquistas e prestação de serviços. 

A Gestão do Hospital Regional de Presidente Prudente está sob a responsabilidade da OSS (Organização Social de Saúde) Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, entidade filantrópica cristã sem fins lucrativos dedicados a acolher, cuidar e servir aqueles que mais necessitam, com atuação nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Ceará, Pará (região amazônica), Paraná e também no Haiti e Portugal. (Mais informações estão no site da Associação –www.franciscanosnaprovidencia.org.br). 

Outra característica importante do HR é que desde 2005 somos considerados um hospita de ensino. Assim, oferecemos a residência médica e multiprofissional, que conta com mais de 100 residentes nas mais diversas especialidades da Medicina e de quatro outras áreas da saúde (Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição). Eles estão envolvidos em todas as ações assistenciais do Hospital. A unidade também serve como campo de estágios para alunos de Medicina e outros cursos da área da saúde, em uma parceria firmada com a Universidade do Oeste Paulista (Unoeste).

Estrutura

O prédio do Hospital Regional é composto por quatro blocos verticais, de quatro a seis pavimentos cada.
- 01 Bloco Administrativo
- 01 Bloco para serviços especializados
- 02 Blocos para unidades de internação

Todos as unidades são interligadas com escadas laterais, intermediária, amplos corredores e oito elevadores.

A megaestrutura do HR comporta 550 leitos, todos do Sistema Único de Saúde (SUS), incluindo 56 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo 20 adultos, 10 coronarianas, 06 pediátricas e 20 Neonatais.

Para manter a máquina em funcionamento, o hospital conta com mais de 2 mil funcionários.

Galeria